ExpoLagarto: impressões do Governo sobre o grande evento

Medium ca9558c0960e9d51962b43d58c334299

O governador Jackson Barreto esteve na noite deste domingo, 11, na Exposição e Feira Agropecuária e Empresarial de Lagarto (ExpoLagarto), realizada no Parque Nicolau Almeida.

O evento movimentou a economia não só do município, como da região Centro-Sul, e atraiu a atenção de setores diversos, como agricultura, pecuária, comércio, indústria e serviços. Durante cinco dias, a iniciativa promoveu competições, mostras e venda de produtos.

Jackson Barreto conheceu toda estrutura do evento, visualizou máquinas usadas na agricultura, animais em exposição e diversos estandes montados no Parque. Para o governador, o evento pode ser comparado a qualquer iniciativa da área realizada em outras regiões do país.

“Para mim, estar aqui hoje é como se estivesse no Sul ou na região Centro-Oeste em uma exposição agropecuária. A ExpoLagarto traz gado de boa qualidade, comércio, máquinas e equipamentos e toda área do agronegócio. Fico grato, pois essa iniciativa é um estímulo para que a exposição de Aracaju possa chegar a esse nível. Estou impressionado com a beleza e a grandeza do evento.

Impressionante também a exposição de máquinas colheitadeiras e equipamentos da área agrícola. Investimentos altos, com máquinas de cerca de R$ 500 mil. Por falar nisso, a Associação dos Criadores de Ovinos informou que vendeu quase R$ 300 mil em leilão. É um sucesso em todas as áreas. Parabéns aos expositores, comerciantes e a todos que contribuíram. O Governo do Estado se sente feliz e realizado porque, sem dúvida, o evento vai marcar a história desse parque de exposições”, declarou o govermador.

Medium 80a4a21ad0382e92e6ad977f453a5e7d

A ExpoLagarto foi promovida por meio de parceria público-privada, de modo que, segundo um dos organizadores do evento, William Fraga, cerca de 80% foi custeado pelo setor privado. Nesse sentido, o secretário de Estado da Agricultura, Esmeraldo Leal, destacou o trabalho de mobilização para realização do evento, que envolveu os setores do comércio, indústria e o terceiro setor.

“São áreas que aparentemente não têm vínculo com essa exposição, mas estão constatando que é possível se unir para uma construção coletiva. É um momento realmente de comemoração, pois tivemos boas exposições, feiras e competições. O Governo do Estado é apoiador, e também existem parcerias, como a da Emdagro, que cumpre um papel importante em todas as exposições. É uma construção coletiva com muitos parceiros. Lagarto ganha, pois faz tempo que não ocorre uma exposição com esse vigor, e toda região Centro-Sul e todo Sergipe acabam ganhando também”, pontuou Esmeraldo.

Em sua 54ª edição, o evento surgiu com nova roupagem. O secretário de Obras e Infraestrutura de Lagarto, Fábio Henrique Santos, explica que a exposição, com o passar dos anos, acabou sendo esquecida, mas que, graças a nova formatação, junto com a iniciativa privada e parceria dos governos estadual e municipal, foi resgatada, de modo a receber, no dia menos movimentado, 20 mil pessoas. “Ou seja, foi um evento que atraiu muita gente e trouxe nova visão para o município”, resumiu.

Medium 37438ec47fd3f1a2dc062b44f1204d5f

O lagartense Fagner Fonseca levou o filho para conferir a exposição e elogiou a estrutura. “Esse ano a exposição está bem organizada, com muitos atrativos, como animais, expositores e presença de concessionárias. Esse é um evento que movimenta a economia e ajuda em negociações de venda e compra”, comentou. O deputado federal Fábio Reis, também presente, conta que a ExpoLagarto é um resgate e palco dos setores agropecuários e empresarial.

Para o chefe geral da Empresa Brasileira de Pesquisas Agropecuária em Sergipe (Embrapa), Manoel Moacir Macêdo, a exposição surge como vitrine não só das questões produtivas, como de inovação.

“Temos aqui um estande onde demonstramos nossas tecnologias, ministramos cursos na área de citricultura e agricultura. Esses animais que participam do evento trazem genética de qualidade, resultado de muita pesquisa, não só da Embrapa, como de outras instituições. É forma de alavancar desenvolvimento de Sergipe”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *